Amor Pra Sempre

 

.

 

Como posso deixar de amá-lo?
Um amor tão grande e sincero...
Um amor tão puro e coerente...
Um amor maior que a razão...
A razão de tudo , a despeito de tudo...
Um amor imenso, maior que a propria vida...
Alento dos infortúnios, paz nas tempestades,
Um amor que embriaga, que tira a sensatez,
Um amor que enlouquece a própria lucidez...
Um amor assim tão verdadeiro...
Como posso deixar de amá-lo?
Um amor profundo que acolhe...
Um amor doado, submisso a vontade...
Um amor calado, contado, gritado...
Um amor que cre no amor...
simplesmente pelo fato de ser amor...
Como posso deixar de amá-lo?
Não sei...
Não sei nem se quando a morte chegar,
levará de mim esse meu amor por você.
 
Rô Vazquez
 20/04/2007

Escrito e formatado por Rô Vázquez,  É  protegido pela lei 9.610/98 de Direitos Autorais,
não é permitido a  sua reprodução ou inclusão em qualquer site (pessoal ou não), 
lista de discussão,  seu repasse por
 e-mail,  ou outros meios,  sem a expressa autorização de seu
autor.
 

 

 

  -